A neurociência ao serviço do consumidor

"Enquanto criativo não posso criar coisas para as pessoas sem saber como funcionam", foi com esta premissa que o Francisco voltou a estudar, desta vez uma pós graduação em Neurociência.

h 3 meses