Faturação no setor dos serviços cresce 5,9%

O índice de volume de negócios nos serviços subiu 5,9% no ano passado, mais 4,5 pontos percentuais do que em 2016, registando-se também aumentos no emprego e nas remunerações, informou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com o INE, "no conjunto do ano 2017, o índice de volume de negócios nos serviços cresceu 5,9%, taxa superior em 4,5 pontos percentuais à do ano anterior". Esta entidade especifica que as áreas que mais influenciaram esta variação foram a do comércio por grosso e a da reparação de veículos (automóveis e motociclos) e transportes e armazenamento.

Também tendo em conta todo o desempenho do ano passado nos serviços, o emprego teve uma taxa de variação média de 3,8%, semelhante à das remunerações, que se situou em 4%. As horas trabalhadas também aumentaram 3,4%.

O INE aponta que, em 2016, estas taxas se fixaram em 1,6%, 2,2% e 0,5%, respetivamente. Em termos homólogos, a faturação no setor dos serviços registou, no último trimestre do ano passado, um acréscimo de 5,5% face ao mesmo período de 2016.

Por seu lado, os índices de emprego, de remunerações e de horas trabalhadas -- ajustados aos efeitos de calendário -- tiveram, no último trimestre de 2017, variações homólogas de 4,0%, 4,9% e 4,7%, respetivamente.

Agência Lusa h 11 dias