Descongelamento de carreiras será feito em 2 anos

O descongelamento das carreiras vai ser feito em apenas dois anos, ficando terminado antes do final da legislatura, ao contrário dos quatro anos que o Governo propunha inicialmente, uma medida que deve ser incluída na proposta de Orçamento do Estado para 2018 depois de conseguido o acordo entre o Governo e os parceiros no Parlamento, confirmou o Observador junto de várias fontes envolvidas nas negociações.

A proposta inicial do Governo, incluído numa versão de trabalho da proposta de Orçamento, previa um descongelamento das carreiras em quatro anos, ao ritmo de 25% por ano. O processo seria este: 25% já em 2018, passava a 50% em 2019, a 75% em 2020 e terminava por completo em 2021.

O Bloco de Esquerda e o Partido Comunista pressionaram o Governo para que o descongelamento ficasse feito antes de terminar a atual legislatura, e, apesar de terem entregue a negociação aos sindicatos, os partidos já fecharam o acordo político para que o descongelamento seja feito em, pelo menos, dois anos. A informação foi avançada pela Antena 1 e confirmada pelo Observador.

O Observador contactou os sindicatos da Administração Pública, que dizem ainda esperar por uma proposta concreta do Governo.

Nuno André Martins h 9 dias