Falcon Heavy. Imagens inéditas da reação de Musk

As câmaras da National Geographic captaram os momentos emotivos em que Elon Musk reagiu ao lançamento bem sucedido do Falcon Heavy, o foguetão mais poderoso do mundo. O CEO da SpaceX ficou surpreendido com a descolagem perfeita do veículo espacial, depois correu para a rua e levou as mãos à cabeça. O vídeo tem pouco mais de minuto e meio e deixa transparecer aquilo que Elon Musk admitiu pouco depois aos jornalistas: ele não estava assim tão confiante de que o voo de teste de Falcon Heavy fosse correr bem.

https://www.youtube.com/watch?v=zK6FSK98asc

Ainda dentro da sala de controlo onde Elon Musk estava nos primeiros segundos do lançamento, o físico e empreendedor sul-africano olhava surpreso para os ecrãs que filmavam a descolagem e disse: "Porra, aquela coisa descolou mesmo". Motivado pelos colegas de trabalho, Musk correu para a parte de fora do Cabo Canaveral, a base de lançamento que a NASA alugou à SpaceX, e exclamou: "Olhem para aquilo! É irreal!". Estas e outras imagens ainda não partilhadas vão ser publicadas na segunda temporada da série "Marte", da National Geographic.

O espanto de Elon Musk deve-se ao facto de o CEO da SpaceX, atualmente a empresa detentora do foguetão mais poderoso do mundo, não ter acreditado que o lançamento seria bem sucedido. Numa conferência de imprensa dada pouco depois da descolagem, o sul-africano admitiu:

"Coisas loucas podem tornar-se verdade. Posso dizer que não achava realmente que isto fosse funcionar. Quando vejo um foguetão descolar, vejo mil coisas que não podiam funcionar e é incrível quando afinal funcionam".

Não foi apenas o lançamento do Falcon Heavy para a baixa órbita terrestre, com um Tesla Roadster e um manequim a bordo para simular uma carga, que emocionou Elon Musk. O dono da SpaceX também admitiu que um dos momentos altos do dia foi ver os dois Falcon 9 nas laterais do foguetão a regressar à Terra praticamente intactos: "Ver os dois foguetões a aterrar sincronizados foi mesmo como nas simulações".

http://observador.pt/2018/02/07/spacex-reveja-o-momento-em-que-as-duas-partes-do-foguetao-aterraram-em-simultaneo/

Enquanto isso acontecia, Elon Musk tinha a mente a mil, imaginando aquele regresso numa escala suficientemente grande para permitir viagens de meia hora entre pontos distantes da Terra ou de meros dias entre o nosso planeta e outros corpos celestes. Na mesma conferência de imprensa, Elon Musk disse:
"Podem imaginar grandes quantidades daquelas coisas a aterrar? A levantar voo e a voltar à Terra, a fazer vários voos por dia?".

A etapa para Elon Musk é o foguetão BFR, um nome que vem da expressão "big fucking rocket". Acabado de testar um foguetão por que esperava desde 2011, o CEO da SpaceX já anunciou o plano de criar um veículo espacial que pode ultrapassar o poder do Saturn V da NASA, agora reformado mas que protagonizou as missões Apollo. É com o BFR que Elon Musk quer chegar a Marte para colonizar o Planeta Vermelho.

http://observador.pt/especiais/porque-e-que-todos-querem-ir-a-marte-a-historia-e-os-detalhes-da-nova-corrida-espacial/

Marta Leite Ferreira h 9 dias