Detida portuguesa que terá fugido com o filho

A cidadã portuguesa que, alegadamente, raptou o filho de cinco anos em Barcelona (Espanha), foi detida em Lagos esta terça-feira, noticiou o jornal El Mundo.

Ana Patrícia Trindade terá fugido de Espanha com o filho para, alegadamente, evitar o contacto com o pai, de quem estava separada desde 2019. Segundo o El Mundo, a mãe tinha quebrado várias vezes o acordo de guarda partilhada.

Joaquín Amills, presidente da associação espanhola SOS Desaparecidos, disse ao El Mundo que a mulher de 39 anos terá feito "um monte de denúncias falsas"sobre o pai do menino. O pai, por sua vez, apresentou uma queixa porque a mãe não levava o menino à escola, que estará a ser investigada.

https://twitter.com/amills_joaquin/status/1532648178809462784?s=20&t=sq5ga6PePA1SmSy7vZIWag

A mulher, natural de Setúbal, desapareceu com Bastian a 8 de maio, mas só um mês depois o tribunal emitiu um mandato de busca e detenção da mulher. O pai do menino acusa as autoridades portuguesas de não terem encetados esforços suficientes na procura da criança e contratou detetives privados para o fazer.

Ana Patrícia Trindade estará agora detida enquanto aguarda a extradição para ser julgada em Barcelona e a criança estará à guarda dos serviços sociais do Estado português.

A Polícia Judiciária remeteu esclarecimentos para mais tarde, de acordo com o Notícias ao Minuto.

Vera Novais h 1 mês