Varíola dos macacos em Portugal é a "menos grave"

Graça Freitas, diretora-geral da Saúde, afirmou, esta quinta-feira, que os casos de varíola dos macacos (Monkeypox) detetados em Portugal têm como origem uma sublinhagem da África Ocidental. Esta, explicou, tem menor gravidade em comparação com outra sublinhagem da mesma doença, que é oriunda da Bacia do Congo.

Em entrevista à TVI, Graças Freitas indicou que a Direção-Geral da Saúde (DGS) teve uma reunião com o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), a Comissão Europeia e a Organização Mundial da Saúde (OMS) para discutir a varíola dos macacos de forma a poder ter mais dados sobre a doença.

Questionada sobre o facto de Portugal ter um maior número de casos do que outros países, Graça Freitas preferiu elogiar que o país tem "uma ótima capacidade de deteção", que é "muito rápida": "Em Portugal, há uma grande atenção clínica para situações" de novas doenças.
Hepatite aguda e Covid-19? "Ligação ainda é prematura"
Na mesma entrevista, Graça Freitas abordou a hepatite em nas crianças, dizendo que a comunidade científica ainda não chegou a qualquer conclusão sobre a origem desta doença.

Sobre a ligação à Covid-19 à hepatite aguda, Graça Freitas sublinhou que a "ligação ainda é prematura".

José Carlos Duarte h 1 mês