FCP tem de "aproveitar as lacunas" do Liverpool

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, destacou hoje a importância de "aproveitar as lacunas" do Liverpool no jogo de quarta-feira, da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol.

Na antevisão ao jogo com a formação inglesa, o técnico dos ''azuis e brancos'' admitiu que será importante aproveitar as falhas da equipa adversária, mas, do mesmo modo, potenciar as virtudes próprias.

"Quando preparamos um determinado jogo, olhamos para os pontos fortes e mais frágeis que a equipa adversária possa ter. Tentamos olhar para nós, sabendo que todas as equipas têm momentos do jogo em que são mais frágeis. Mas definimos a estratégia não abdicando da nossa identidade como equipa", referiu o treinador.

Sérgio Conceição revelou ainda o que espera do adversário: "O Liverpool é o segundo melhor ataque e a sexta melhor defesa da liga inglesa, mas também disputa um campeonato diferente do nosso. Na Liga dos Campeões, penso que foi o segundo melhor ataque da fase de grupos e sem derrotas. É uma boa equipa, consistente e que cria muitas dificuldades aos adversários. Se tem pontos fracos que devemos explorar? Tem, sem dúvida: todas as equipas têm."

Sobre a presença do camaronês Aboubakar, que falhou os últimos dois jogos do FC Porto devido a fadiga muscular, Sérgio Conceição mostrou-se pouco otimista em relação a essa hipótese: "É difícil, é difícil."

Apesar de querer passar mais esta fase da prova, Sérgio Conceição não escondeu as suas prioridades e deu ainda as boas-vindas aos adeptos ingleses.

"Trabalhamos diariamente com grande exigência e rigor. O objetivo sem dúvida nenhuma é a Liga. Os jogos vão passando, o grupo está confiante, existe espírito fantástico de ambição e determinação. E temos um público fantástico, sempre com a equipa. Espero mais uma vez que amanhã sejam uma mais-valia. E dou também as boas-vindas ao público inglês, que é apaixonado, ferve no bom sentido e faz do jogo uma festa. São assim os adeptos do Liverpool. Espero que venham contentes e saiam menos contentes. Contentes só pelo vinho do Porto que possam levar para Inglaterra. Há todos os ingredientes para ser um bom jogo", disse ainda.

O defesa-central espanhol Marcano, recuperado de lesão, revelou, por seu turno, não gostar de estatísticas (que ditam que o FC Porto nunca venceu a equipa inglesa em jogos da UEFA), desvalorizando a situação.

"Não gosto muito de estatísticas. São jogos diferentes e o que o FC Porto quer é ir o mais longe possível. Vamos encarar este jogo com a máxima ambição", disse.

Agência Lusa h 8 dias