Igreja portugesa discute investigação com Vaticano

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) anunciou, esta terça-feira, que terá uma reunião, em Roma, com alguns representantes do Vaticano sobre os abusos sexuais perpetrados por membros da Igreja.

Numa nota enviada às redações, a CEP destaca que esta é uma "prioridade que interessa a toda a Igreja", tornando-se "oportuna e necessária" a colaboração "entre as Igrejas locais e as estruturas da Igreja universal que se ocupam deste tema a nível global". 

Destacando a iniciativa de "criar uma Comissão independente" para estudar o assunto dos abusos sexuais no seio da Igreja, a CEP sinaliza que este tema é uma "prioridade".

"Nesse sentido, terá lugar em Roma uma reunião conjunta de trabalho entre alguns membros do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa e alguns Dicastérios da Santa Sé", lê-se na nota.

https://observador.pt/2022/05/10/abusos-de-menores-igreja-assume-que-estrategia-inicial-nao-funcionou-e-que-foi-necessario-convocar-uma-comissao-independente/

Recorde-se que, na passada terça-feira, o presidente da CEP, D. José Ornelas, admitiu esta terça-feira que a estratégia inicial da Igreja Católica em Portugal para lidar com a crise dos abusos sexuais de menores cometidos por membros do clero não funcionou, motivo pelo qual foi necessário criar uma comissão independente para levar a cabo o trabalho de investigação sobre o assunto.

José Carlos Duarte h 3 meses